Buscar

Quando as Emoções e a Robótica se juntam!

Entre os dias 8 e 15 de janeiro de 2022, três formadores da Esprominho participaram na primeira reunião e formação de professores do Projeto We-Welcometions (2020-1-TR01-KA201-094326​), realizada na Turquia, na cidade de Izmir. O Lenon Amorim, o Adelino Aguiar e o Óscar aceitaram o desafio de aprender mais sobre a área e dar as boas-vindas às emoções!


The power of wisdom - itália esprominho in europe

Apesar das atividades da mobilidade iniciarem a 10 de janeiro, os nossos formadores chegaram à Turquia no dia 8, tendo a oportunidade de conhecer a cidade de Istambul antes de irem para a cidade, que os acolheu o resto da semana, Izmir. No dia 10 conheceram os parceiros do Projeto, não só os da Turquia como também os da Itália, Romênia, Países Baixos e Lituânia. Portugal entrou em grande neste projeto e vimos o nosso logo a ser eleito como o logo oficial do projeto! Ao longo da semana, os participantes, tiveram várias atividades de Mindfulness (a prática de estar no momento presente, tão consciente quanto possível), bem como apresentações sobre as emoções e sobre a robótica. Nas formações exploraram questões sobre a relação entre emoção e cognição em termos neurofuncionais e robôs, quando ambas as funções são incorporadas na aprendizagem, suscitando várias reflexões sobre o processo ensino-aprendizagem e sobre as interações emocionais entre professores, estudantes e a tecnologia. Apesar de ter sido quatro dias de muito trabalho e desenvolvimento do projeto, ainda houve oportunidade de visitar alguns espaços como o Arkas Centro de Ciência e Arte, o famoso mercado Keremalti, foram ao centro de Konak, visitaram a "Agora", uma mesquita, o Museu Ataturk, visitaram a cidade Ephesus e a Casa da Virgem Maria.


O Projeto We-Welcomemotions, um projeto apoiado pelo Programa Erasmus+, tem como principal foco a articulação entre as emoções e a robótica, a procura de emoções nos alunos e as relações que estes estabelecem dentro da escola, entre professores e membros da escola. O projeto visa uma educação inclusiva, onde a igualdade de género, o respeito pelas diferenças de religião, língua, nacionalidade, psíquicas ou motoras não serão um obstáculo à realização dos objetivos propostos.

A próxima mobilidade será uma formação de professores, entre os dias 22 e 28 de maio, nos Países Baixos.