Buscar

Viver o nosso Património - Sérvia!

Entre os dias 27 de fevereiro e 5 de março de 2022, cinco formandos(as) e dois formadores, da Esprominho, participaram na terceira mobilidade de intercâmbio de alunos(as) e professores(as) do Projeto CCE - Common Culture for Europe (2019-1-LV01-KA229-060360, realizada na Sérvia, na cidade de Kragujevac. Um projeto que nos convida a viver o nosso património cultural, não só de Portugal mas de todos os países parceiros do Projeto.


The power of wisdom - itália esprominho in europe

As atividades desta mobilidade, que reúne alunos e professores num intercâmbio cultural e educativo, foram organizadas pela Escola Profissional Kragujevac, na Sérvia. Nesta semana alunos(as) e professores(as) parceiros do Projeto CCE, da Letónia, Turquia, Itália, Sérvia e Portugal, tiveram a oportunidade de realizar várias visitas, nomeadamente, à Câmara Municipal de Kragujevac, a uma empresa local Mind park, a residência de Milos, à Igreja Antiga de Kragujevac, ao Museu Topolivnica, ao Mosteiro de Kamenac, à destilaria local Gruzanska nit, à capital da Sérvia – Belgrado - onde exploraram a Cidade Velha e os seus monumentos e locais emblemáticos, ao Parque Memorial Sumarice e ao seu Museu. Exploraram as danças tradicionais do país, ao assistir à atuação do conjunto folclórico Dukati e depois aprendendo as danças em conjunto com os alunos da Sérvia. Faz parte do património cultural a gastronomia, por isso, experimentaram vários pratos tradicionais e saborearam a história de cada um deles.

O Projeto CCE - Common Culture for Europe, é apoiado pelo Programa Erasmus+, defende que a sociedade atual está a mudar rapidamente, e estamos a criar uma estrutura onde se espera que as pessoas se desloquem com mais frequência dos seus locais de nascimento, para diferentes locais. Para ter sucesso nesta nova situação, é importante saber comunicar uns com os outros num contexto multicultural, com diferentes línguas, religiões, contextos culturais e socioeconómicos. E o primeiro passo nesta direção é saber o que define a identidade das pessoas, a nível individual e comunitário, ou seja, o que define a nossa própria identidade. Precisamos de agir e estar conscientes da importância da Natureza e do Património Cultural. Assim sendo, este projeto pretende valorizar todos os recursos naturais e culturais, materiais e não materiais a nível local que, não sendo marcos da civilização, também nos ajudam a explicar quem somos, a nossa história.

A próxima mobilidade deste projeto irá realizar-se na Itália, em Lipari.

A Esprominho proporciona estas mobilidades aos seus alunos(as) e professores(as) por acreditar ser uma forma de os ajudar a desenvolver competências pessoais, culturais, linguísticas e digitais. Continuaremos a ajudar a criar memórias!