Buscar

Voar lado a lado com a Matemática, na Turquia!

Entre os dias 13 e 19 de fevereiro de 2022, cinco formandos(as) e duas formadoras, da Esprominho, participaram na primeira mobilidade de intercâmbio de alunos(as) e professores(as) do Projeto Butterfly Effect to Maths with STEM (2020-1-LT01-KA229-077854_6), realizada na Turquia, na cidade de Izmir. Um projeto que fez voar o grupo pela descoberta da cultura turca e pela aprendizagem de novas ferramentas digitais relacionadas com a matemática.


The power of wisdom - itália esprominho in europe

As atividades desta mobilidade, que reúne alunos e professores num intercâmbio cultural e educativo, foram organizadas pela Escola Cigli imkb mesleki ve teknik anadolu lisesi, situada em Izmir - Turquia. Nesta semana alunos(as) e professores(as) parceiros do Projeto Butterfly, da Lituânia, Letónia, Croácia, Turquia, Roménia e Portugal, tiveram a oportunidade de conhecer novas culturas, especialmente a cultura turca - a gastronomia, as danças tradicionais, a língua, os monumentos, a história. Os(as) alunos(as) estiveram em contacto com o Programa Geogebra (relacionado com a geometria) através de exercícios, feitos em grupo, tendo que previamente recolher fotos, pelas ruas, a formas geométricas, para depois serem utilizadas nas atividades em sala de aula. Foram realizadas visitas às Ruínas de Teos, às Ruínas de Ephesus e à Capela da Virgem Maria, possibilitando aos estudantes mais contacto com a história do país. Ainda na cidade de Izmir, o grupo pode conhecer os pontos mais turísticos como o Konak, Agora e Asansör. Não podia, também, perder a oportunidade de passear pelo mercado tradicional!

O Projeto Butterfly Effect to Maths with STEM, é apoiado pelo Programa Erasmus+, defende que hoje em dia, o pensamento matemático é um assunto ao qual as pessoas prestam mais atenção do que nunca. Muitos estudos mostram a importância do pensamento matemático para que as pessoas sejam mais eficazes em suas carreiras profissionais e no mundo digital contemporâneo. As pesquisas também revelam que os alunos que se formam com a educação matemática tradicional, que ensina conceitos e relações matemáticas, não podem usar essas informações na vida real. Portanto, a educação matemática tradicional causa dificuldades de aprendizagem. Por esse motivo, o objetivo principal deste projeto é encontrar uma nova forma de ensinar e aprender matemática e permitir que os alunos integrem mais seus conhecimentos matemáticos à vida real.

A próxima mobilidade deste projeto será apenas para staff e irá realizar-se na Létónia, em Riga.

A Esprominho proporciona estas mobilidades aos seus alunos(as) e professores(as) por acreditar ser uma forma de os ajudar a desenvolver competências pessoais, culturais, linguísticas e digitais. Continuaremos a ajudar a criar memórias!