Buscar

Recebemos os nossos parceiros do Projeto CCE!

Entre os dias 29 de maio e 4 de junho de 2022, recebemos na nossa Escola os parceiros do Projeto CCE - Common Culture for Europe (2019-1-LV01-KA229-060360, para a última mobilidade deste projeto. Um projeto que nos convida a viver o nosso património cultural, não só de Portugal mas de todos os países parceiros do Projeto.


The power of wisdom - itália esprominho in europe

As atividades desta última mobilidade, que reúne alunos e professores num intercâmbio cultural e educativo, decorreram na Esprominho, na cidade de Braga. Ao longo da semana de 29 de maio a 4 de junho, os alunos(as) e professores dos países Letónia, Turquia, Sérvia, Itália e da nossa escola tiveram a oportunidade de visitar vários locais culturais e turísticos em Braga (Bom Jesus do Monte, Sameiro, o centro da cidade), em Viana do Castelo, o Mosteiro de Tibães, em Guimarães (o castelo e alguns museus) e na cidade do Porto, com o intuito de conhecer um pouco mais a história e a cultura da região. Ainda demos a conhecer algumas áreas da nossa escola, através de Workshops CLIL (Aprendizagem Integrada de Conteúdos e Línguas) de Língua Portuguesa, Cabeleireiro e Estética.

O Projeto CCE - Common Culture for Europe, é apoiado pelo Programa Erasmus+, defende que a sociedade atual está a mudar rapidamente, e estamos a criar uma estrutura onde se espera que as pessoas se desloquem com mais frequência dos seus locais de nascimento, para diferentes locais. Para ter sucesso nesta nova situação, é importante saber comunicar uns com os outros num contexto multicultural, com diferentes línguas, religiões, contextos culturais e socioeconómicos. E o primeiro passo nesta direção é saber o que define a identidade das pessoas, a nível individual e comunitário, ou seja, o que define a nossa própria identidade. Precisamos de agir e estar conscientes da importância da Natureza e do Património Cultural. Assim sendo, este projeto pretende valorizar todos os recursos naturais e culturais, materiais e não materiais a nível local que, não sendo marcos da civilização, também nos ajudam a explicar quem somos, a nossa história.

Este projeto proporcionou aos nossos formandos(as) e professores(as) adquirir conhecimentos sobre o património e a cultura de vários países, o que permite um desenvolvimento de várias competências como sociais, linguísticos e crescimento pessoal.